Amigos

Seguidores

segunda-feira, 23 de março de 2015

Exposição de Pablo Picasso juntamente com mestres da Arte Moderna Espanhola no CCBB, São Paulo


Exposição no período de 25/03 a 08/06/2015.












Pablo Picasso, Auto retrato, s/d


                Pablo Picasso, oficialmente Pablo Diego José Francisco de Paula Juan Nepomuceno María Cipriano de la Santísima Trinidad Ruiz y Picasso (Málaga25 de outubro de 1881 — Mougins8 de abril de 1973), foi um pintor espanholescultor,ceramistacenógrafopoeta e dramaturgo que passou a maior parte da sua vida adulta na França. Considerado um dos maiores e mais influentes artistas do século XX, é conhecido por ser o co-fundador do cubismo - ao lado de Georges Braque -, inventor da escultura construída, o coinventor da colagem e pela variedade de estilos que ajudou a desenvolver e explorar. Dentre as suas obras mais famosas estão os quadros cubistas As Senhoritas d’Avignon (1907) e Guernica (1937), uma pintura do bombardeio alemão de Guernica durante a Guerra Civil Espanhola.
         Picasso, Henri Matisse e Marcel Duchamp são considerados os três artistas que mais realizaram desenvolvimentos revolucionários nas artes plásticas nas décadas iniciais do século XX, responsável por importantes avanços na pintura, na escultura, na gravura e nas cerâmicas.
         Picasso demonstrava talento artístico desde a mais tenra idade, pintando de forma realista por toda a sua infância e adolescência. Durante a primeira década do século XX, o seu estilo mudou graças aos seus experimentos com diferentes teorias, técnicas e ideias. Sua obra geralmente é classificada em períodos. Enquanto os nomes de muitos dos seus períodos finais são controversos, os períodos mais aceitos da sua obra são o período azul (1901-1904), o período rosa (1904-1906), o período africano (1907-1909), o cubismo analítico (1909-1912) e o cubismo sintético (1912-1919).Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
                                                             Pablo  Picasso.


                   " Guernica ", 1937.

                            Retrato de Marie Thérèse Walter, 1937

                      "Les Demoiselles d'Avignon ",1907.
    
 Obras da Coleção do Museo Nacional Centro de Arte Reina Sofía
        Com cerca de 90 obras a exposição evidencia a influência de Picasso na arte moderna espanhola e os traços mais importantes e originais da sensibilidade artística que o pintor e seus contemporâneos espanhóis imprimiram ao cenário internacional das artes.
        A exposição faz referência ao percurso de Picasso como artista e como mito, até chegar à realização de Guernica; à sua relação com mestres da arte moderna espanhola, como Gris, Miró, Dalí, Domínguez e Tàpies, entre outros presentes na mostra; e a suas contribuições para uma noção de modernidade voltada para o tempo presente.
Curadoria: Eugenio Carmona.
         Essa exposição foi organizada e realizada em colaboração com o Museo Nacional Centro de Arte Reina Sofía e a Fundación Mapfre. Exposição realizada inicialmente na Fondazione Palazzo Strozzi, Florença.

                  Juan Gris. La fenêtre ouverte,1921. Painting. Museo Nacional Centro de Arte Reina Sofía Collection, Madrid.

                   "O Carnaval de Arlequim", de Joan Miró. Óleo sobre tela, 1924-25                                                           

                 Salvador Dali, The Persistence of Memory, c.1931 Art Paintin

               "The Trojan Horse" by Oscar Dominguez (1906-1957, Spain)

                  Antoni Tàpies. Materia i collage de paper. 1991. Mixed media on canvas. 200 x 200 cm. Collection of Essl, Klosterneuberg. Artwork © Antoni Tàpies.

Postar um comentário