Amigos

Seguidores

terça-feira, 16 de junho de 2015

AFREAKA




ARTISTAS: VÁRIOS
CURADORIA: FESTIVAL AFREAKA
DE 9/6 A 27/6
ENDEREÇO: RUA DA CONSOLAÇÃO, 94 - CENTRO
TELEFONE: (11) 3775-0002

O "Festival Afreaka" é uma iniciativa multidisciplinar que visa romper os estereótipos
 presentes da África no Brasil, evocando o seu lado inovador, proativo e artístico e
 promovendo o diálogo de representantes da cultura de raízes afro-brasileiras com artistas
e intelectuais contemporâneos do continente africano.
Em uma explosão de artes visuais e gráficas, literatura, ciências humanas e moda, o festival
 colabora com a promoção da cultura de forma ampla, trazendo atrações, obras e artistas
 capazes de sensibilizar e dialogar com o público, incitando uma discussão mais rica sobre
 uma das principais regiões de origem da população brasileira.
Ao estimular a ruptura de estereótipos, traz à tona um debate relevante sobre a importância da
 multiplicidade de versões, revelando um continente ilustrado de forma inédita, criando um
valoroso produto cultural e trazendo aos olhos um tema que merece registro.
Exposição "Protagonistas Africanos"
Uma exposição itinerante de arte contemporânea, um hub de inovação e tecnologia, um
 prêmio pioneiro na literatura infantil, uma revista descolada sobre o renascimento do
 continente, um museu de esculturas a céu aberto que faz contraste entre savana e expressão
 artística: esta é a exposição "Afreaka – Protagonistas Africanos".
Por meio de diferentes instalações que vestem a Biblioteca Mário de Andrade neste mês de
 junho, você mergulhará na arte, cultura e memória africanas. A visita é um convite profundo
 para o conhecimento de um mundo ancestral e ao mesmo tempo atual. As pontes: expressões
 contemporâneas que abordam sustentabilidade, artes e sabedorias complexas do continente
 negro.
Os protagonismos emergem nas instalações lúdicas dos panos largos, nos círculos fotográficos
 do corredor de vidro; no percurso de memoráveis iniciativas e personagens africanas, onde a
 delicadeza e a diversidade de formas de expressão do continente são exploradas em suas
essências, exemplificando uma África ativa e fora dos clichês.
As instalações procuram despertar o sentido com ações artísticas, chamando o espectador
 para uma interação direta e sensorial com um mundo motivador e desconhecido, e ininterruptamente
 conectado com o Brasil. Com uma curadoria inédita, a importância da mostra está na forma inovadora
 como aborda uma temática de grande importância cultural, vindo para somar esforços no sentido de
 promover o fim de preconceitos raciais históricos e disseminar a cultura africana e toda sua inovação,
 criatividade e pioneirismo.
Vistas da exposição 
Exposição "Olhares Afro Contemporâneos"
Em um encontro explosivo de cores e contrastes, as lentes africanas e afro-brasileiras se unem trazendo
 a sensibilidade e inovação artística da cultura negra. Transportar para o Brasil a produção cultural
contemporânea de diferentes países da África, em toda a sua riqueza e diversidade, e promover a dialogia
 com a raiz brasileira em busca de suas origens, é uma forma de entender e fomentar as aproximações
 permanentes entre o país e o continente. Representações estéticas, marcas captadas,
 histórias visuais
em movimento e retratos eminentes se encontram aqui, sinalizando os contrastes e
 diálogos da identidade
 de dois mundos separados pelo tempo, que permaneceram unidos no ímpeto cultural e
que hoje revelam
 suas identidades afro contemporâneas.
Exposição "Mulheres Africanas - Surama Caggiano"
A beleza, sabedoria e determinação da mulher africana são as bases do trabalho de
Surama Caggiano. A
artista plástica, que criou e desenvolveu a técnica do mosaico contemporâneo, apresenta
 aqui a envolvente
 coleçãoMulheres Africanas. Fazendo uso de CDs inutilizados e colagem de papéis, Surama
produz, em
tamanho real, composições de belas mulheres negras, que estimulam o povo brasileiro a ir
 ao encontro de
 sua origem em África. Valorizando a cultura e arte afro-brasileiras, fundamentais para a
engrenagem da
 série, a coleção fomenta no recorte das pastilhas o debate sobre a atuação e o protagonismo
inquestionável dessas mulheres.
Vistas da exposição / Créditos: divulgação



APOIO:
  

Postar um comentário